Outro mundo.

4 Maio

Ao que parece não vivemos todos no mesmo mundo porque o que é para alguns de nós uma certeza, para outros é uma conquista.

Porque, mais uma vez, ajudar custa muito pouco, apelo ao vosso lado mais solidário para que leiam com atenção a dura realidade sobre a terra onde todos moramos:

Se existe um céu na terra, esse céu está em África

“Para quem ainda não sabe estou há quase um ano na Guiné-Bissau, como Coordenadora de Saúde para a ONG VIDA (Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento Africano). Para quem também não sabe, este é dos 5 países mais pobres do Mundo e tem enormes dificuldades a nível da saúde materno-infantil.
Neste momento tenho parteiras a trabalhar comigo, que utilizam sacos de plástico como luvas para fazer os partos e matronas (parteiras tradicionais) que usam a concha de ostras para cortar o cordão umbilical dos recém-nascidos.
É muito difícil e muito dispendioso conseguir trazer material médico para a Guiné. Sei que Portugal enfrenta uma enorme crise e que doar dinheiro e afins para este tipo de organizações é a última coisa que as pessoas têm vontade. No entanto, este é um pedido para a “minha gente” aqui na Guiné, com a garantia de que tudo o que chegar será entregue e para uma boa causa. Arranjei forma de fazer chegar algum material através de uma companhia de navegação (um bom amigo que é aqui Director desta companhia), mas preciso de ajuda.
Quem trabalha na área da saúde e não só (farmacêuticas e afins) ou quem quiser simplesmente ajudar, faça-o! Precisamos de luvas para partos (luvas que chegam até ao cotovelo e que são essenciais, dada a incidência já enorme de mães seropositivas), pinças, tesouras hemostáticas, tesouras de dissecção, fios de sutura e peras para aspiração de recém-nascidos.
Pedia que quem conseguisse arranjar este tipo de material (seja qual for a quantidade, tudo é uma ajuda!), entregasse na sede do VIDA. O VIDA fará a entrega pessoal no porto de Setúbal e passados 15 dias, eu levantarei o material no porto de Bissau e distribuirei onde for mais preciso. Os navios saem de Setúbal a 4 de Maio, 18 de Maio e 1 de Junho. O ideal era que o material fosse entregue no VIDA dois dias antes destas datas, para que haja tempo de o fazer chegar ao porto de Setúbal.
 
Contactos VIDA: Ana Gaspar 919501125; Luz Vasconcellos e Souza 917195599.
Morada: Calçada do Combro nº 61, 1º, 1200-111 Lisboa (telefone: 213433022).
Site: www.vida.org.pt
 
A todos um grande obrigada
Ainda é possível fazer pequenos milagres e este é um deles!”
 
VIDA - Voluntariado Internacional para o Desenvolvimento Africano

Entrem em contacto com a Mafalda Sobral para esclarecimento de dúvidas.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: